12/02/2016

Um Caso Perdido - Colleen Hoover




Este é “o livro”, acreditem! Não por se tratar de uma história de amor perfeita, mas por todo o drama vivenciado pelos personagens, pela mensagem de força e esperança que ele nos passa, por saber que o tema abordado pode estar acontecendo por aí, pela coragem de abordar um tema tão sério, mas de forma tão... peculiar.

Uma vez li em algum lugar não me lembro onde, que não somos nós quem escolhemos os livros e sim os livros que nos escolhem e sinto exatamente isso em relação a Hopeless, ele foi feito pra mim.
A sinopse me convenceu, mas conforme a leitura ia fluindo, percebi que ela não fez jus ao livro. Foi muito pobre e omissa. Faltou citar muitas coisas mega importantes sobre tudo, coisas sobre o quão envolvente, cativante, interessante, mágico e perfeito o livro é. Mas talvez isso tenha acontecido porque é bem difícil falar de Hopeless sem dar spoiler, já que a cada página, a cada capítulo uma nova emoção nos aguarda.

Os personagens são perfeitos, impossível não se apegar a eles logo de cara. O que nos faz sentir uma pequena depressão quando estamos próximos do final e uma saudade que chega a apertar o peito assim que termina o livro, tamanha identificação com os personagens. Vou apresentar um a um, pode ser que fique um pouco extenso, mas vale a pena ler até o fim.


Sky e Six

Sky é uma menina super na dela, uma adolescente totalmente atípica, uma jovem de dezessete anos, inteligente, com uma personalidade única, engraçada, que adora correr e é louca por cafeína e Snickers. Ela foi criada longe de toda e qualquer tecnologia e só tem contato com algum equipamento tecnológico quando vai para a casa de Six, sua melhor amiga e vizinha.

Ambas criaram uma fama nada boa, devido os rompantes amorosos de Six que, não se permite namorar e troca de parceiro como quem troca de roupa. E Sky, mesmo não agindo como a amiga, afinal apesar de ficar com alguns garotos, nunca se sentiu atraída por nenhum deles, acaba sendo difamada também. Também, o entra e sai de rapazes da janela do quarto delas é constante e elas são amigas, melhores amigas. É o tal do “diga-me com quem andas...”

Sky nunca frequentou o colégio, sempre estudara em casa com Karen (mãe adotiva), mas decidiu por influência de Six, que iria fazer o último ano no colégio. Essa decisão teve um peso enorme na vida de Sky, pois de última hora Six decidiu fazer um intercâmbio em outro País e, era tarde demais para voltar atrás. Agora, Sky terá que enfrentar sozinha tudo o que aprendeu nos livros sobre o que é um colégio de verdade e seus adolescentes problemáticos. Ela poderia desistir, mas era muito teimosa para tal.

Holder

É um bad boy, ou pelo menos é o que todos dizem. Um cara lindo e enigmático, com personalidades múltiplas o que não é tão legal assim. Ele também adora correr, é um romântico incorrigível, desistiu da escola, fala palavrão e seu passatempo predileto é perseguir uma tal Sky. Ah, ele também foi o único garoto capaz de despertar em Sky um sentimento que ela nunca havia experimentado: uma louca atração por um garoto. Holder é o cara perfeito, impossível não “gamar” ele. E acreditem, Dean Holder consegue superar o Augustus Waters (ACEDE) no quesito perfeição to falando sério.

Karen e Jack

Karen é a mãe adotiva de Sky. Uma mulher super moderna, apesar de ser avessa às tecnologias. Ela não permite que Sky tenha computador, celular, televisão, etc. Sem contar que é vegana, ou seja, doces também são proibidos naquela casa. O que faz com que Sky se sinta “a rebelde” quando a mãe viaja e ela passa tardes assando biscoitos e brownies em quantidades que acabariam com a fome na Etiópia. Ela é uma mãe muito amorosa que tem um namorado alma-gêmea Jack, um cara engraçado que está super a fim de se unir com Karen, mas ela também tem seus mistérios, o que faz com que fique cozinhando Jack em banho–maria, mas apesar de tudo e de não terem uma assinatura da ESPN, a relação dos dois é ótima assim mesmo.

Breckin

E claro, não poderia deixar de faltar Breckin, o melhor amigo de todos do universo inteiro. Ele é mórmon, relax, super descolado com suas roupas nada convencionais que nem de longe tentam esconder sua opção sexual. Sim, Breckin é gay. E divertido e o amigo que todos queriam ter, Junto com Sky, eles formam uma aliança de duas pessoas para sobrevierem no colégio.

Enfim, esses são os personagens principais da trama que compõe Um Caso Perdido de Colleen Hoover que já virou meu livro favorito. E saibam que depois deste livro, eu jamais olharei para as estrelas com os mesmos olhos.

Kisses da Mony!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout exclusivo do blog - Monykisses | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©